DSC00065 (Cópia)

[Off-topic] Expedição ao topo do morro do Mestre Álvaro

Além de cicloturista também sou radioamador (PU1BRA) e pertenço ao Grupo Expedicionários Capixabas de Rádio Emissão (GECRE).

Nessa semana fiz uma caminhada com o Luis Paulo Garcia (PU1GLP) até o topo do Mestre Álvaro (Cidade de Serra) para fazer um levantamento das condições da estrutura principal que abriga as repetidoras do Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil do ES.

O GECRE faz parte do Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil do Estado do Espírito Santo (PEPDEC), e por conta da parceria com essa entidade iremos instalar uma repetidora de Radioamador no topo desse local, a fim de termos mais uma opção de contato entre as COMPDEC´s (Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil) da Grande Vitória e Municípios vizinhos.

A caminhada começou por volta das 07:00 da manhã. O amigo Paulo Mello (PU1EPM) nos deixou no início da trilha para subir o Mestre Álvaro e ficou de nos buscar no retorno. Isso foi necessário para evitar ter que andar desde Serra Sede até o começo da trilha.

Foram aproximadamente 2:30 de caminhada com uns 4.800 metros de subida. A trilha tem trechos íngremes, fechados, nascentes diversas e muitos pontos onde o visual é de tirar o fôlego.

DSC00004 (Cópia)

Logo no início passamos por uma área aberta de pastagem antes de entrar de fato dentro da trilha por dentro da mata.

 

DSC00009 (Cópia)

Depois de algum tempo de caminhada, paramos para descansar na frente do Vale do Eco, com vistas à Serra Sede.

 

DSC00011 (Cópia)

DSC00012 (Cópia)

Na metade do caminho passamos por uma fonte de água onde paramos para poder nos refrescar. Dentro da mata estava fazendo um calor enorme e a elevada umidade do ar deixada tudo pior, fazendo o corpo perder muita água.

 

Depois de aproximadamente 1:40 minutos chegamos no “primeiro ombro” da subida. É uma cabeça de pedra de onde já podemos ter uma visão de 360º de toda a região. Nesse momento conseguirmos contato via rádio (147.730 e 434.000 MHz) com os amigos de Vila Velha e Vitória que estavam monitorando nossa subida. Até então estávamos na face norte do morro o que impedia os contatos com o sul.

DSC00014 (Cópia) DSC00015 (Cópia) DSC00017 (Cópia)

 

Depois desse “primeiro ombro”, descemos e subimos mais duas vezes. Já no final, a subida é íngreme e perigosa. O solo úmido e desgastados são um convite para um escorregão.

DSC00018 (Cópia)

 

Enfim, depois de 2:30 minutos de uma cansativa caminhada chegamos ao topo e imediatamente começamos a avaliar o local. Levantamos o aspecto de conservação da estrutura principal, antenas, torres, painéis solares e local de pouso de aeronave (para levar todo o material da repetidora na próxima vez).

DSC00028 (Cópia)

DSC00038 (Cópia) DSC00060 (Cópia)

DSC00062 (Cópia) DSC00067 (Cópia)

 

No final, deixamos a licença da PP1GV, repetidora da Defesa Civil que irá funcional no local dentro em breve.DSC00059 (Cópia)

 

Depois de tudo feito, começamos a descida, que durou aproximadamente 1:30 minutos. Para quem river interesse, os detalhes da caminhada (percurso, tempo, distância) podem ser acessados no link http://goo.gl/wr61Rp

WK.

7 ideias sobre “[Off-topic] Expedição ao topo do morro do Mestre Álvaro”

Deixe um comentário