Arquivo da tag: Vila Velha

Era para ser um Audax de 200k, mas….

Depois de quase dois meses sem postar nada, eis que volto para o blog… (A cicloviagem pela rota imperial infelizmente durou apenas dois dias. Depois com calma coloco os detalhes em outra postagem).

De lá pra cá, tive que ficar parado sem pedalar, pois estava sem tempo com o trabalho, coletas e aula. Fiquei fora de forma, sem treinamento e com 8-9 kg a mais. Tomei vergonha na cara, entrei numa dieta boa, voltei os treinos e consegui recuperar o peso ganho e o o fôlego para os pedais longos.

Nesse último domingo (04/10/14) tinha decidido fazer um passeio de 200k que por azar não chegou até o final.

Saí de casa por volta das 05:10 da manhã. Atravessei Vila Velha, Cariacica e Viana até chegar na BR-101. Essa parte foi horrível pois estava frio e chovendo. Muita água suja acumulada na beirada do asfalto, carros passando e muita sujeira de panfletagem.

Em Viana, entrei na BR101 e segui em direção à Iconha. O plano era entrar no trevo de Piúma e iniciar a volta pela Rodosol (ES-060).

Quase nenhum carro na estrada (acho que porque era domingo cedo e por conta das eleições). Com 44km de pedal o primeiro furo no pneu. Depois de consertar ao encher a câmara, rasguei ela no pisto (ainda bem que tinha uma segunda).

Com 60km mais um furo. Esse já na segunda câmara (reserva). Parei em um posto de gasolina para consertar em um borracheiro.

20141005_091427 (Cópia)Segunda parada para remendo na câmara de ar… essa já era a reserva.

Com 90km cheguei no trevo de Piúma e comecei o retorno. Fiz um lanche rápido para tentar reverter o tempo perdido (já tinha parado uns 110 minutos por conta dos reparos e a velocidade média baixou para 16km/h).

Já voltando, o vento que estava sul deu uma leve mudança para nordeste e peguei uma briza leve contra. O bom é que a chuva e o frio tinham parado. Quando o pedal começou a render mais dois furos na câmara reserva. Consertei o primeiro na base do remendo mesmo, pois não tinha mas câmara. No segundo depois de consertar eu consegui novamente rasgar a câmara. Isso com apenas 119km.

20141005_123340 (Cópia) Esse aí foi o quarto furo de câmara do dia. Depois de consertado, na hora de encher, conseguir também rasgar essa.

Resultado do dia… tive que voltar de em dois “cata corno” (apelido gentilmente utilizado para os ônibus que fazem o caminho da Rodosol que eventualmente carregam os ciclistas nessas condições), um de Ubu até Guarapari e outro de Guarapari até Vila Velha.

20141005_135143 (Cópia)Dentro do primeiro Cata Corno, de Ubú até Guarapari.

 

20141005_142919 (Cópia)

20141005_143126 (Cópia)Passagem paga e dentro do segundo buzão do dia… finalmente indo pra casa!

No final não consegui nem um Gran Fondo de 130km de Outubro, nem os 200k que queria!

O pedal foi feito 80% debaixo de chuva e frio o que me deixou bem desanimado. A sensação é de que não me diverti (ainda mais com quatro furos e duas câmaras rasgadas). A única coisa boa foi a experiência de um pedal desastroso!

Trilha sonora do pedal:

SciCast #38 – Altmetria

SciCast #49 – Política

Anticast 150 – Dossiê do Olavão

MRG 240: Bersek e os Monstros

Detalhes do pedal aqui

Semana produtiva (+300km)

Resolvi juntar todos os pedais dessa semana que se encerra num único post.

Em julho estou programando minha viagem para Ouro Preto seguindo pela Rota Imperial. Serão uns 5 dias de pedal bem puxado. Por isso, já tem uns 20 dias que resolvi puxar mais nos pedais semanais. Pretendo conseguir fazer uns 400km por semana até o fim do mês de abril. Para isso, tenho intercalado pedais rápidos de speed com longões nas estradas com a 29.

Na segunda feira fiz um giro de 58km na rodosol. Na quinta feira, pedal sofrido com Pedrão do Brasil, Lauano Menegueli, Alex Pereira e Júnior Anholete. Fizemos a volta por Peixe Verde, Taquaras, Bom Jesus, Santa Rita, Amarelos e estradão do Xuri.

Como sempre, a subida de Peixe Verde me matou! Mas algum dia de minha vida ainda consigo zerar a danada…

Saímos por volta das 6:00 da rotatória de Itaparica, passamos por Cariacica (Campo Grande). Lanche rápido em Viada sede e entramos para Peixe Verde. O estradão é lindo. Passamos pela ponte do Rio Jucu. No início da subida até a parada em Bom Jesus (mercearia Hertel) são aproximadamente 4km. A recompensa vem na volta, quando descemos por Santa Rita. Podemos ver toda a baixada litorânea e parte de Vila Velha.

O trajeto desse pedal está abaixo junto com algumas fotos tiradas por mim. Esse pedal foi especial pois consegui cumprir o desafio “Gran Fondo 4”. Ou seja,  130 km num único pedal.

Distância total: 130.97 km
Velocidade média: 18.37 km/h
Tempo total: 11:14:24
Baixar arquivo

 

E para terminar a semana, ontem (sábado) fiz mais 119 km indo para Meaípe via contorno de Guarapari e voltando contra o vento por dentro do município. Isso com a 29er… pesadona e contra o vento!

Assim fechei minha semana de atividades. Amanhã por conta de levar o moleque na escola, o máximo que farei é outro giro de speed na Rododol.

E que venha Ouro Preto em Julho! Irei comemorar meu aniversário em grande estilo.